Marpic,Lda - Urb. Vale do Alecrim, Lt. 113 Apartado 501 2959-909 Pinhal Novo info@marpic.pt
+351 21 238 98 80

Quais os riscos de não realizar uma limpeza de piscinas regular?

Quais os riscos de não realizar uma limpeza de piscinas regular?

Apesar de ser importante manter uma correta limpeza de piscinas durante todo o ano, para evitar consequências graves para a sua saúde e para a saúde de quem usufrui da piscina, ainda existem muitas pessoas que não se preocupam devidamente com a higienização da piscina, principalmente durante os meses mais frescos, quando esta é menos utilizada.

O ideal é que nunca deixe a estrutura e água da sua piscina deteriorar, mesmo fora do período de verão, para que assim que os dias de calor chegarem a piscina esteja pronta a ser utilizada e não tenha de gastar muito dinheiro com o tratamento da água.

Conheça as consequências de não tratar corretamente da sua piscina e perceba com que periodicidade a deve limpar!

Quais as consequências de uma limpeza de piscinas irregular?

A limpeza de piscinas demasiado espaçada ou realizada de forma incorreta pode conduzir a problemas na água, com a concentração de bactérias e fungos ou mesmo a proliferação de algas.

Se a água da piscina ficar esverdeada, é sinal de contaminação por algas, o que pode acabar por danificar a estrutura da piscina e alguns acessórios e equipamentos, como o skimmer. Além dos danos na piscina, a presença de algas e bactérias na água é extremamente prejudicial para a saúde, podendo originar dermatites, conjuntivite, otite, micoses, problemas gastrointestinais e até mesmo hepatite tipo A.

Do mesmo modo, se existir uma desregulação do pH da água e esta se encontrar demasiado ácida ou demasiado alcalina, também pode originar consequências para a sua saúde ao nível de irritações na pele que, se o contato for prolongado, podem evoluir para urticárias graves ou feridas.

Só uma limpeza de piscinas profunda e rotineira, recorrendo a produtos de tratamento da água e a aspiradores automáticos, evita a proliferação de algas e o surgimento de bactérias.

Qual deve ser a periodicidade da limpeza de piscinas?

Para proteger a sua saúde e da sua família, a limpeza de piscinas deve ser feita de forma regular, com limpeza diária das áreas circundantes da piscina para evitar que folhas, poeira e insetos mortos contaminem a água.

Por seu lado, existem outras ações que podem ser mais espaçadas:

  • Limpe o filtro uma vez por semana e filtre a água da piscina sempre que esta for utilizada;
  • Verifique, a cada dois dias, o nível de cloro residual, que deve ser de 0,5 para cada 2ppm;
  • Analise o PH duas vezes por semana. O PH da água deve estar sempre entre 7.2 e 7.4;
  • Verifique a alcalinidade uma vez por semana e corrija caso necessário;
  • Aplique algicida uma vez por semana, para manter a água livre de algas;
  • Aspire o fundo e as paredes da piscina uma vez por semana.

A limpeza de piscinas não é um capricho, mas um cuidado crucial com a saúde de quem frequenta a sua casa. Se não sabe como limpar a sua piscina, contacte uma empresa de piscinas que o ajude a escolher os melhores produtos para as suas necessidades!

Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *